"EM CASA”, IGOR MORAES QUER BOA ATUAÇÃO NA 2ª ETAPA DO MARESIA PAULISTA DE SURF PROFISSIONAL
Eventos
17 de Julho de 2017

SURFISTA DE MARESIAS MAIS BEM POSICIONADO NO RANKING JÁ FOI TERCEIRO COLOCADO EM 2014

Igor Moraes tem motivos de sobra para querer uma boa apresentação na 2ª etapa do Maresia Paulista de Surf Profissional, nos próximos dias 29 e 30. Ele competirá “em casa”, na Praia de Maresias, em São Sebastião, sabendo que um resultado positivo pode lhe abrir portas para um patrocinador. A disputa reunirá 96 surfistas de vários estados e, além do tradicional título estadual e da premiação de R$ 30 mil, tem como atrativo os importantes 3 mil pontos no ranking da Abrasp, que definirá o novo campeão brasileiro.

Na etapa inicial deste ano, em Ubatuba, Iguinho foi o melhor surfista de Maresias, ficando em 17º lugar. Foi o seu segundo melhor resultado no Circuito. Em 2014, competindo na praia onde treina diariamente e ainda como amador, foi o terceiro colocado, até agora o único pódio. “As expectativas são as melhores. Estou treinando bastante e me sinto muito confiante em casa. Espero fazer um belo resultado no quintal”, afirma.

“O Paulista Pro, como todos sabem, é um campeonato considerado muito difícil, por ter atletas de todo o Brasil, mas vou competir em Maresias, perto da família e amigos para apoiar, além de conhecer muito bem a onda”, afirma o surfista de 20 anos, que passou a competir como profissional em 2015, quando terminou o Circuito na 99ª colocação. No ano passado, subiu de produção, na 31ª posição no ranking. 

Além de querer se posicionar entre os melhores de São Paulo e do Brasil, Igor batalha por um patrocinador. “Sei que um bom resultado pode ajudar muito”, diz o atleta, que este ano, para competir no QS na Argentina, fez rifas para conseguir dinheiro para a viagem. “Eu estava sem nenhum patrocínio ou apoio quando tiver a ideia e graças a Deus e às pessoas que acreditam e gostam do meu surf, consegui competir. Foi uma rifa de mil e outra de 2 mil reais, essa com uma prancha que o top Filipe Toledo me deu para arrecadação”, lembra.

Na classificação geral, o líder também é de São Sebastião, mas da vizinha praia de Juquehy, Thiago Camarão, campeão paulista de 2015. Na sequência, aparecem três surfistas de Ubatuba, mais dois novos valores, assim como Igor - Wesley Leite e Weslley Dantas (irmão do top brasileiro no WCT, Wiggolly Dantas) – e o experiente Hizunomê Bettero, bicampeão estadual.

No total, a etapa distribui R$ 30 mil em premiação, com R$ 8 mil ao vencedor. Há, também, R$ 1 mil extras para o autor da manobra mais radical na Overboard Expression Session, disputada antes da final. O campeão paulista da temporada ganhará uma moto 0k, oferecida pela Surf Trip, Kyw e Super Tubes.

O Maresia Paulista de Surf Profissional 2017 tem os patrocínios da rede de lojas Overboard, Surf Trip, Kyw e Super Tubes. Apoios de K Energy Drink, prefeituras de Ubatuba e São Sebastião, Associação Ubatuba de Surf e Associação de Surf de São Sebastião, Governo do Estado de São Paulo/Secretaria da Juventude Esporte e Lazer, com divulgação de Waves. Realização: Federação Paulista de Surf.